quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Paciência


Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma, e até quando o corpo pede um pouco mais de alma. A vida não para...
Enquanto o tempo acelera e pede   pressa, eu me recuso faço hora e vou na valsa. A vida é tão rara... Enquanto todo mundo espera a cura do mal, e a loucura finge
que isso tudo é normal, eu finjo ter paciência... O mundo vai girando cada vez mais veloz, e a gente espera do mundo e o mundo espera de nós, um pouco mais de paciência... Será que é tempo que lhe falta para perceber? Será que temos esse tempo para perder? E quem quer saber? A vida é tão rara, tão rara...

Lenine 

2 comentários:

Marly disse...

Sim amiga gostei deste cafezinho..
è verdade a vida é tão bela e passa tão rápido não é mesmo querida?
Que Deus nos ajude a valorizar cada instante, mesmo os momentos tristes porque eles nos fazer crescer e amadurecer...
Bjus
Com carinho
Marly

Bruna Bianconi disse...

Tava com saudades de passar pro café viu?

Aliás, saudades de você!
Beijos